NOTÍCIAS

17 de mai de 2011

Cabeceiras de vários estilos e materiais.

Sonhos de cabeceiras: painéis originais estofados ou de madeira, biombo articulável e madeira torneada com jeito antigo são algumas das opções para complementar sua cama box com estilo.

A arquiteta Adriana Da Riva queria conferir ao seu quarto um toque original e uma atmosfera tranquila. “Decidi projetar o biombo no lugar da cabeceira e escolhi cores claras”, explica ela. A estrutura, executada pela Marcenaria A Inglesa, foi revestida de laminado de madeira com tratamento especial para ficar com um fundo de tom acinzentado. Sobre ele, aplicou-se pintura azulpálido (Coral, ref. 50BG74/130*). O painel central mede 3,10 m de comprimento x 1,26 m de altura, enquanto as abas articuláveis têm 60 cm. Almofadas, manta da Missoni e luminária com cúpula da Conceito Firma Casa, porta-travesseiros da Lady Decorações.

Amplos painéis laqueados e entremeados de recortes com iluminação embutida (Marcenaria Clamom Móveis) formam uma base moderna e, ao mesmo tempo, neutra no quarto do casal, projetado pelo arquiteto Toninho Noronha. O recurso é ideal para destacar o mobiliário desenhado pelo próprio arquiteto, como a cabeceira, feita sob medida pela Tre Uni Tapeçaria. “Com base de madeira estofada e revestida de lã tramada da Interni, a peça é fixada diretamente na parede para ficar firme e deixar a cama box livre”, explica Noronha. A colcha e as almofadas são de seda rústica cinza do Empório Beraldin.

  Linhas sóbrias e elegantes definem o quarto do casal projetado pelas arquitetas Denise Abdalla e Christiane Sacco. “Na parede, instalamos um painel de madeira (Marcenaria Filarte) com pintura fosca, nicho forrado de palha de seda (Nani Chinelato) e equipado com iluminação embutida”, explica Denise. A proposta ganha o complemento da cabeceira revestida de couro, da Artefacto (modelo Valencia, 2,21 x 1,20 m de altura, por 4 551,68 reais), fixada no painel. Na lateral, o criado feito sob medida recebe uma luminária de Philippe Starck da La Lampe. A colcha, os porta-travesseiros e o cobertor são da Blue Gardenia.

 Na proposta contemporânea idealizada para o quarto de casal, predominam as linhas limpas e as cores marcantes. Para criar um impacto visual, a cama foi emoldurada em cabeceira estruturada de madeira e revestida de pastilhas de osso polido e acabamento de resina (modelo Tendenza inclinado, 1,85 x 1,20 m de altura. Preço: 10 563 reais) do Empório Beraldin. De lá também são as almofadas listradas da Missoni e a mesa lateral Cassino. A colcha, o porta-travesseiro e a manta são da Trousseau, e a luminária Átila, da On Light.

Com um painel colorido que faz as vezes de cabeceira, o quarto discreto ficou cheio de vida. “Sempre utilizo em meus projetos as criações de marchetaria da artista plástica Tissi Mousinho. A cliente viu uma delas e pediu um desenho especial para seu quarto”, conta a arquiteta Paula Neder, que assina a ambientação. “Desenvolvi esse trabalho em placas de 80 x 60 cm de altura, que foram fixadas diretamente na parede, totalizando 5,50 m”, explica Tissi. A composição de folhas de madeira +de várias cores (2,5 mil reais, o metro quadrado) revela uma inspiração modernista e é realçada pela luminária do Estúdio Grabowsky e pelo criado-mudo art déco.

O contraste entre a parede rústica de tijolos à vista e as linhas clássicas dos móveis cria uma agradável surpresa neste quarto de casal. O ponto alto do ambiente é a cabeceira (modelo Nice, 1,60 x 1,35 m de altura. Preço: 8,4 mil reais) da Madeira Bonita. A peça de madeira entalhada e acabamento dourado é estofada e revestida de sarja e vem com um suporte próprio de fixação. Nas laterais, foram instaladas as duas mesinhas redondas e a cômoda, com tampo e frente de gavetas revestidas de espelho bisotado.

Para o quarto de um jovem médico solteiro, o designer de interiores Hans Heim propôs um ambiente moderno com poucos elementos, porém marcantes. No lugar da cabeceira, ele instalou um painel de MDF com laqueação brilhante (3 x 1,20 m de altura). A peça conta com nicho fechado por vidro jateado, que apoia uma serigrafia de Claudio Tozzi. “A estrutura fica afastada 10 cm da parede, de forma a dar espaço à iluminação _ uorescente de cor amarelada”, explica Heim. A roupa de cama é da MMartan, e a mesa lateral Tulipa, da Arquivo Contemporâneo.

Reunir estilo e praticidade era o objetivo das arquitetas Gabriela Prado, Eliane Zogbi e Veridiana Zobar no projeto deste quarto. “Pensamos em utilizar algo com um visual de marcenaria personalizada, mas que pudesse ser comprado pronto”, conta Gabriela sobre a cabeceira da Quartos & Etc.

Em uma área compacta, o arquiteto Leonardo Junqueira tirou partido das cores suaves para imprimir personalidade ao quarto. “Achei interessante instalar um fundo levemente escurecido para contrastar com a cabeceira laqueada”, explica o arquiteto. A peça, da Casapronta, com desenho vazado (modelo Trama, 1,60 x 1,25 m de altura. Preço: 2 280 reais), tem um suporte de madeira que é fixado diretamente na parede. O painel ao fundo, pintado em tecitela de tons de prata com pintura de cerejeira, é obra das artistas plásticas Adriana e Carlota. A colcha é uma confecção da Casa Mineira com tecido da JRJ.

2 comentários:

  1. Wow!! This is one of the best post i have read so far.

    Hi, Nice to see a pretty professionally done blog on the this rich subject. :)

    ResponderExcluir