NOTÍCIAS

28 de fev de 2011

Dicas para organizar seu guarda-roupa.


Hoje vamos falar de organização! Antes de dar início à missão de organizar seu guarda-roupa, você precisa se inspirar. Tire um dia de folga, vista uma roupa confortável e ligue o som com uma música bem animada!!!


Um armário de roupas organizado só pode ter o que você realmente usa. Analise friamente o que você não usa, por não servir mais ou por precisar de conserto. Se já está guardado por muito tempo e você sobreviveu por muito tempo sem eles, passe para frente. 
Para simplificar, pergunte a você mesma há quanto tempo não usa a peça. Se a resposta revelar que não a veste há mais de um ano, desfaça-se dela já! Doe para quem precisa e abra caminho para o novo!

Veja abaixo algumas dicas para acabar com a bagunça! 

1 - Comece a arrumar uma parte por vez. Nunca tire toda a roupa do armário, ou então você ficará perdida em meio a uma montanha de roupas. Organize cada gaveta ou prateleira separadamente.


2 - Deixe o apego de lado. Separe as roupas que você realmente usa, e doe para a caridade as que apenas entulham seu guarda-roupa.


3 - Se você não tem muito espaço, opte pelo revezamento de estações. No verão, guarde as roupas pesadas de inverno em um malão ou em space bags, que ocupam muito menos espaço.


4 - Pense em uma maneira para separar as roupas. Por exemplo: por estação, tipos de roupas, cores, etc. Sempre de acordo com a sua rotina e preferência.


5 - Separe as peças por categorias. Exemplo: roupas de trabalho, roupas de festa, roupas de passeio, lingeries, camisetas (de alcinha, regatas, t shirts, manga comprida), vestidos, etc.


6 - O closet fica muito bonito com as roupas e acessórios organizados seguindo a paleta de cores.


7 - Cabides iguais dão sensação de organização. Há no mercado uma infinidade de tipos de cabides, cada um com uma função, por exemplo, para calças, para vestidos, para casacos, etc.


8 - Tente colocar cada peça de roupa em um cabide individual. Existem cabides especiais para calças, que tem aqueles prendedores, como os vistos em lojas fast-fashion.


9 - Camisetas de tecidos delicados e que amassam devem ficar penduradas em cabides com revestimento especial para não agredir esse tipo de peça.


10 - Caso não tenha muito espaço, as saias e os shorts podem ficar guardados em gavetas, dobrados apenas ao meio pelo cós.


11 - As roupas que são guardadas em gavetas ou prateleiras devem seguir um padrão na organização. As peças devem ser dobradas todas do mesmo tamanho. Para isso usam-se gabaritos.


12 - Vestidos devem ser pendurados pelos ombros, ou dobrados ao meio.


13 – E ao final, lembre-se que uma boa organização já traz 30% de espaço! 


25 de fev de 2011

Sem medo de usar as cores na hora de decorar.

Ada Gonzalez é um especialista em Interior Designer que não tem medo de trazer cores fortes para o espaço de um cliente! Usando idéias simples e de baixo custo, veja que bonito ficou seu escrítorio em New York! Cheio de estilo!!!

 

22 de fev de 2011

Design e sustentabilidade.

O design, nos dias de hoje, tem uma preocupação bem grande com a sustentabilidade. Vários designers têm criado objetos a partir de coisas que são descartadas por nós. Dentro desse universo de design e sustentabilidade, os países nórdicos estão há anos correndo na frente. Por isso, quero apresentar para vocês um designer holandês chamado Piet Hein Eek. Ele desenha móveis a partir de restos de madeira, entre outras coisas. O trabalho é impressionante!

 
 
 
 
 
 
 

21 de fev de 2011

Nova instalação da empresa espanhola Dom Arquitectura.

 

Dom Arquitectura é uma grande empresa de arquitetura e design cituada em Barcelona - Esánha. Veja que magnífico ficou sua nova instalação. O local anteriormente utilizado como armazém estava completamente isolada do exterior, então a primeira ação foi abrir o espaço interior, tanto da rua e do jardim de fora, por isso criaram uma carpintaria de ferro totalmente aberta, sem pregos, com vidros contínuo, dando luz natural em todo o espaço.


18 de fev de 2011

7 dicas para organizar sua estante.

As estantes podem ser usadas em qualquer ambiente cumprindo a difícil função de organizar. São livros, louças, coleções, enfeites… Podem ser feitas em madeira, MDF, gesso, concreto… depende muito do ambiente e do orçamento.  Mas cuidado! Uma estante bagunçada acaba com qualquer ambiente. Já uma boa organização valoriza o espaço, o móvel e os objetos, por mais simples que sejam. Por isso, aí vão algumas dicas pra você ter uma estante bem organizada e linda!

1. O primeiro passo para uma boa organização é uma boa faxina!!! Jogue fora, doe, conserte, recicle, reforme… Nada de encher a estante – e a casa – com badulaques e objetos sem a menor utilidade.

2. O ideal é fazer um móvel sob medida, de acordo com o tamanho do ambiente e com as suas necessidades. Antes de encomendar, veja tudo que você pretende guardar e preste atenção nas medidas. Prateleiras com altura regulável permitem adaptações e evitam o desperdício do espaço.

3. Guarde livros mais antigos, apostilas, pastas e coisas que não combinem com a atual decoração em espaços fechados. Se sua estante for toda aberta, use e abuse 
das caixas! Escolha um modelo bem lindo e reúna objetos da mesma família, 
pra ser mais fácil achar depois.

4. Separe os livros por tema e coloque num canto para facilitar a visualização
Livros de uma mesma coleção devem ser dispostos juntos. O mesmo serve
para as revistas. O ideal é não acumular edições antigas, a não ser que elas 
sejam consultadas constantemente.  Coloque na estante de forma horizontal
ou vertical e disponha elementos de decoração junto a elas pra dar uma graça.

5. A distribuição das peças nas prateleiras de uma estante deve ser equilibrada, 
ou seja, o volume deve ser parecido em cada uma delas. Proporção é a palavra! 
Misturar peças decorativas na estante é essencial! Objetos coloridos dão 
vida entre os livros. Já as coleções e lembranças de viagem dão personalidade, 
mas com bom senso. Agrupe de acordo com a procedência, o estilo ou 
as cores. Ou então, o melhor é misturar esses objetos com os livros.

6. Um truque para disfarçar as lacunas do móvel é escolher um livro com uma
bela capa e colocá-lo na vertical, à mostra, no fundo da prateleira. O mesmo pode
ser feito com um quadro. Fica lindo!

7. Ter espaços vazios é super importante para dar leveza e valorizar as 
melhores peças. Por isso, mesmo que você só tenha objetos e livros lindos, 
não se empolgue! Mantenha alguns itens guardados e troque 
frequentemente, pra variar!

 

17 de fev de 2011

Brise.

O brise é um dispositivo arquitetônico utilizado para impedir a incidência direta de radiação solar nos interiores de um edifício, de forma a evitar aí a manifestação de um calor excessivo. Foi um dos principais elementos compositivos utilizados pela arquitetura moderna, sendo ele próprio um ícone de movimentos arquitetônicos como o international style, embora dispositivos similares sejam encontrados em obras mais antigas. Credita-se ao arquiteto franco-suíço Le Corbusier a sistematização (e, dependendo da fonte consultada, a própria invenção) dos brise-soleils. Sua obra conhecida como Unidade de habitação de Marseille faz uso bastante profundo dos brises, sendo que tais elementos possuem papel de destaque na constituição da linguagem daquele edifício.
 
Edifício Copan, São Paulo, 1951.

Palácio Gustavo Capanema, Rio de Janeiro.

Os brises podem ser compostos de materiais diversos, sendo comuns o concreto, a madeira e o alumínio. Normalmente caracterizam-se como uma série de lâminas, móveis ou não, localizadas em frente às aberturas dos edifícios. No caso de serem móveis, permitem que conforme a necessidade e a conveniência, sejam regulados para aumentar ou diminuir a insolação no recinto em questão. 

 

16 de fev de 2011

Casa tropical: o passo a passo da reforma.

Este refúgio no Ceará aproveita a estrutura de um antigo sobrado, para funcionar 
como uma casa de veraneio de um jovem casal. 
Cidade Mundaú - CE

No vídeo, acompanhe o desenvolvimento da construção.
Ficou lindo!!!



14 de fev de 2011

Programa "Casa Brasileira" - GNT

Uma série sobre arquitetura e sobre o jeito brasileiro de morar na visão dos mais importantes arquitetos do país. Em cada programa as idéias dos arquitetos são exemplificadas nas casas de seus clientes famosos.

11 de fev de 2011

Alguns projetos do escritório paulista Whydesign,

Maurício Arruda é professor do IED – Instituto Europeo di Design, em São Paulo, 
e trabalha como arquiteto e designer de interiores no coletivo Whydesign
com Guto Requena e Tatiana Sakurai.

A mesa Baralho, recém lançada pelo  arquiteto e designer que, inspirado no universo dos jogos, utilizou a estrutura tão conhecida como base para a mesa. O brincadeira está também entre a leveza visual da peça e seu material.  As cartas são feitas de aço e suportam um tampo de até 250kg. Portanto, nada da mesa desabar de repente. rs
 

Veja alguns trabalhos...

Linha José

Projeto residência Conde de Itu

Projeto Casa Cor 2010 - Bgourmet